VENDAS ONLINE - 2020

Confira qual categoria mais rendeu nas últimas semanas

Veja no infográfico interativo do Cuponation

Entenda o por que do enfoque dos e-commerces no mundo virtual

Buscas por produtos da categoria Saúde cresce mais de 120% no Brasil

Sabendo que as novas regras de isolamento causadas pelo novo coronavírus não tem previsão de encerramento e estão mudando os planos de muita gente, o Cuponation, plataforma de desconto online e integrante da alemã Global Savings Savings, compilou informações sobre como está a relação entre os e-commerces e os consumidores e como está sendo essa adaptação comercial. Como já deve ser de entendimento geral, as lojas físicas de mercadorias que não sejam de mercados, padarias e farmácias estão fechadas conforme o decreto de quarentena tanto para o Brasil quanto para a maior parte do mundo. De portas fechadas, a maioria do segmentos de vendas estão tendo que se readaptar para conseguir novas vendas e sobreviver: investindo na internet e na ajuda do funcionário, ao passo em que se faz necessário manter um ou dois motoboys. Com uma tática já anteriormente adotada e nunca antes tão valorizada, a fase do delivery para todas as compras realizadas em qualquer loja online está sendo a salvação tanto para quem compra como para quem vende. De um lado, o consumidor que tem a necessidade e a ansiedade de consumo; do outro, o comerciante que oferece descontos e até mesmo frete grátis para a entrega dos itens, gerando assim a “não perda total de lucros” da loja e a felicidade do cliente que recebe o produto em sua casa e de quebra pode garantir um desconto na compra. De acordo com o levantamento realizado entre fevereiro e março deste ano - dois primeiros meses da propagação do vírus no país - pela Associação Brasileira de Comércio Eletrônico em conjunto com a Compre&Confie, as vendas de bens de consumo aumentaram mais de 100% nos e-commerces online comparado com as vendas obtidas no mesmo bimestre do ano passado. Fazendo uma comparação entre os primeiros 15 dias de março de 2020 com as duas primeiras semanas do mesmo mês do ano anterior, o Statista, por sua vez, estudou e calculou a quantidade de vendas online de itens em suas determinadas categorias e registrou que Saúde e Higiene tiveram o maior número de buscas, com aumento em mais de 120% em vendas apenas no Brasil. Dessas categorias, a procura pelo álcool em gel aumentou mais de sete vezes, seguido por máscaras e sabonetes. Dentre as demais categorias pesquisadas, o Statista revelou que a média de vendas online na mesma época cresceram apenas 40%, apontando que apesar do consumidor estar gastando com itens de desejo e necessidade, estão conscientes na prevenção contra o vírus. Confira as pesquisas no infográfico interativo do Cuponation. Ainda é válido lembrar que essa pesquisa está relacionada aos trabalhadores e empresários que possuem um comércio popular e virtual e que conseguem usufruir desta plataforma, e não se aplica aos mini empresários ou trabalhadores informais que, em suma, serão os mais prejudicados em todo o país, quiçá o mundo.

Sobre o CUPONATION
Nenhum dos códigos de desconto exclusivos disponíveis em nosso site podem ser publicados em qualquer outro website ou meio de comunicação sem o expresso consentimento por escrito por parte de CUPONATION Brasil. Todas as ofertas e cupons são selecionadas por nossa equipe e estão corretas na data da publicação.O CUPONATION Brasil é operado pela Promotrend do Brasil Serviços de Marketing e Divulgação Ltda. CNPJ/MF 15.237.104/0001- 91
Rua dos Pinheiros | CEP: 05422-000 | São Paulo - SP

Telefone de contato
+55 (11) 4302-3187

contato@cuponation.com.br

Diretores Representantes
Adrian Renner
Gerhard Trautmann
Copyright 2020 - CUPONATION Brasil. Todos os direitos reservados.