Queda de fumantes no Brasil - 2019

Veja pesquisa sobre gastos e consumo de tabaco no Brasil

Veja estudo sobre a taxa de consumo de cigarros no Brasil

Pesquisa sobre economia do consumo de cigarro

Redução do consumo de tabaco gera economia de até R$7.300 anualmente para o consumidor

Por se tratar de um costume antigo e de intenso consumo mundial, o cigarro foi se adaptando a diversas maneiras e gostos para agradar ao seu público. No entanto, a porcentagem do uso do produto teve uma diminuição significativa no Brasil nos últimos anos. Confira o levantamento do Cuponation, plataforma de descontos online, para entender melhor essa queda de percentual e quanto os brasileiros estão economizando de acordo com o quanto deixaram de fumar. O Ministério da Saúde divulgou uma pesquisa realizada pelo Vigitel entre 2009 e 2017 com mais de 50 mil pessoas da população que tem o costume de fumar, registrando que o consumo em ambientes de trabalho reduziu em 44,6% nesses oito anos. Entre os entrevistados, 45,6% são mulheres e 43,5% homens .Levando em consideração o preço médio de um maço de cigarros de R$10, de acordo com um levantamento do Deutsche Bank, conclui-se que cada uma dessas pessoas pouparam cerca de R$3.650 em um ano, ou seja, mais de três salários mínimos e mais de um salário médio de R$2500 (segundo o IBGE). Ao calcular pelo período de oito anos, a economia seria de R$29.200.Considerando que a compra diária fosse de 2 maços de cigarros ou mais, a economia anual seria de no mínimo R$7.300. Ao longo dos anos de pesquisa (oito anos), a poupança seria de R$58.400.O mesmo estudo realizado pelo Vigitel foi feito entre as capitais dos 26 estados e o Distrito Federal, constatando que Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, está no topo da lista com 60,2% da diminuição do uso do tabaco. Em 2º e 3º lugar ficaram Palmas, com 59% e Macapá, com 57,6%, representando os estados de Tocantins e Amapá, respectivamente. A última capital do ranking é Natal, no Rio Grande do Norte, com 29,8%. Veja mais no infográfico interativo.Segundo o departamento de Doenças e Agravos Não Transmissíveis e Promoção da Saúde, o principal motivo da redução de pessoas expostas ao produto, além das propagandas obrigatórias sobre os malefícios que o hábito pode causar, foi a regulamentação da Lei que proíbe o ato de fumar cigarros, charutos, narguilés e outros produtos em locais fechados e de uso coletivo. Um terceiro levantamento realizado pelo setor governamental mostrou que, mesmo sendo a capital com maior porcentagem de queda do consumo de cigarros, Porto Alegre se destaca no alto índice de pessoas que afirmaram consumir 20 cigarros ou mais por dia, totalizando 5,1% da população do município. As capitais que menos fumam são São Luís (Maranhão), com 0,4% e Macapá, com 0,5% dos habitantes.

Sobre o CupoNation

Nenhum dos códigos de desconto exclusivos disponíveis em nosso site podem ser publicados em qualquer outro website ou meio de comunicação sem o expresso consentimento por escrito por parte de CUPONATION Brasil. Todas as promoções são escolhidas por nossa equipe e estão corretas na data da publicação.

O CUPONATION Brasil é operado pela Promotrend do Brasil Serviços de Marketing e Divulgação Ltda. | CNPJ/MF 15.237.104/0001- 91

Rua dos Pinheiros, 498 - Pinheiros | CEP: 05422-000 | São Paulo - SP

Telefone de contato
+55 (11) 4302-3187

contato@cuponation.com.br

Diretores Representantes
Adrian Renner
Gerhard Trautmann

Copyright 2020 - CUPONATION Brasil. Todos os direitos reservados.