Vinho ao redor do mundo

veja ranking de consumo dos 29 países

Dados compilados da plataforma de descontos Cuponation compara o consumo de vinho em 29 países.

Dados de consumo de vinho

 

Ranking do consumo de vinho

A queda brusca de temperatura no Brasil, principalmente nas regiões do sul e sudeste, ajuda os consumidores a lembrarem de uma das bebidas que é a cara do inverno: o vinho. De acordo com a Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV), o Brasil está em 14º no ranking mundial da produção de vinho, com 340 milhões de litros produzidos em 2017. Mesmo estando longe do primeiro lugar como a Itália, principal produtora com 4,25 bilhões de litros (2017), ainda há muito a ser explorado neste mercado. No Brasil, segundo a Wine Intelligence, por volta de 1,7 milhões de usuários compraram vinho na internet ano passado, o que representou um aumento de 40% em relação a 2016. Não é à toa que o país está em 3º lugar no número de consumidores online de vinho, atrás da China e Reino Unido, o que aponta um crescente mercado do e-commerce e ótimas perspectivas para o lojista online, que consegue preços competitivos e praticidade para os shoppers.

O brasileiro bebe muito vinho?
A plataforma de descontos Cuponation, com os dados obtidos pelo Statista, compilou no infográfico interativo o consumo per capita de vinho em 29 países. No ranking de consumo anual da bebida o Brasil está em 17º, com 330 milhões de litros consumidos pela população, o que seria aproximadamente 1,7 litro per capita ao ano. Os países campeões de consumo são: EUA (3,26 bilhões de litros por ano), França (2,7 bilhões) e Itália (2,26 bilhões). Como previsto, o consumo de vinho em terras brasileiras está muito atrás da popular cerveja.

O Cuponation relacionou o consumo per capita de vinho com o consumo de cerveja estimado pelo grupo japonês Kirin Holdings, que anualmente mapeia os resultados de 26 países. Dados mostram que cada brasileiro consome aproximadamente 38 vezes mais cerveja que vinho anualmente, em média 60,4 litros. E quem lidera o consumo da bebida são os tchecos, ingerindo em média 143,3 litros anualmente, per capita (e beer pint de apenas R$ 6, conforme apontado em outro infográfico da plataforma). Qual a preferência nacional? A pesquisa divulgada pela Evino, um dos maiores e-commerces nacionais de vinho, realizada com aproximadamente 3 mil pessoas, aponta que o vinho tinto é preferência de ao menos 77% dos entrevistados. A pesquisa do Cuponation também aponta o preço médio de uma garrafa de vinho tinto, de qualidade razoável, em 29 países. E segundo a pesquisa, é possível obter uma garrafa por aproximadamente R$ 30. Veja o levantamento completo com dos dados citados e mais outros no infográfico interativo.